News Summary
Empreendedorismo

Startups sul-africana e ganesa seleccionadas para o Kickstart Accelerator na Suíça

Redacção
27/7/2017

Redacção

Foto por:
Direitos Reservados

Duas startups africanas, Libryo (da África do Sul), e Farmerline (do Gana), foram seleccinadas para a segunda ronda de aceleração na Kickstart Accelerator, com sede na Suíça, da qual participam mais outras 30 startups provenientes de todo o mundo.

A informação foi divulgada pelo site de empreendedorismo e inovação Ventureburn, que citou o responsável de  RP da Kickstart Accelerator, Adel Raslan, de acordo com o qual 10% das candidaturas para o programa deste ano saíram de África.

A Libryo, uma plataforma jurídica que permite às organizações entender as suas obrigações legais, e a Farmerline, um serviço de informação para pequenos agricultores em África, participarão no programa de 11 semanas em Zurique, Suíça, de 4 de Setembro a 17 de Novembro, sendo que a aceleração está dividida em quatro pilares, nomeadamente a “fintech” (ligada à programação ou outras tecnologias destinadas a dar suporte a serviços bancários e financeiros), "cidades inteligentes", "robótica" e "sistemas inteligentes". Os participantes foram escolhidos após um bootcamp de dois dias onde estiveram 60 startups concorrentes.

Fundadores da Libryo, uma das startups africans seleccionadas, Garth Watson – CLO , Malcolm Gray CCO , Pete Flynn – CEO 

Sobre as participantes africanas, Raslan disse que a filosofia empresarial da Farmerline lhes pareceu promissora e que a empresa mostra muito potencial, enquanto a Libryo criou uma solução inovadora para resolver a crescente complexidade à volta das questões jurídicas das empresas. Já Malcom Gray, co-fundador da Libryo, disse à Ventureburn que pretende aproveitar a participação no programa de acleração para lançar-se ao nível do mercado europeu.