News Summary
Economia

Apresentado o Sistema de Informação do Ministério da Indústria

Redacção
1/8/2017

Redacção

Foto por:
Direitos Reservados

Foi lançado ontem, em Luanda, o  Sistema de Informação Integrada do Ministério da Indústria que visa aprimorar o processo de recolha de dados sobre a indústria nacional, de modo a constituir um universo único de informação de suporte às análises e estatísticas internas sobre o sector.

Denominado “SIMIND”, o sistema foi criado no âmbito da governação electrónica, a fim de modernizar os serviços.  O mesmo, que permite ainda ter o Ministério da Indústria completamente informatizado,   envolve  os subsistemas CIANG – Censo da Indústria de Angola, concluído em 2014 e a ser actualizado em 2019, e o SILAI – Sistema de Licenciamento Industrial (via web), que  licencia as empresas com redução de custos.

A estes,  juntam-se o  ACADI – Actualização do Cadastro da Indústria e o  PPIANG – Pesquisa da Produção Industrial de Angola,  que permite, funcionando desde 2013, ter em tempo real os níveis de produção do sector e que mensalmente  se tenha  o conhecimento de  cada produto produzido no país em termos de quantidades.

De acordo com a Angop, a ministra Indústria, Bernarda  Martins,  disse, na ocasião, que “o processo foi desenvolvido em colaboração com os Ministérios   das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e o da  Economia, que tem  a seu  cargo a desburocratização de todo o sistema do país, que será uma das vantagens deste processo”.

Até o momento, o subsistema de pesquisa da produção industrial de Angola (PPIANG) tem registadas cerca de mil empresas, embora o país tenha muito mais (três mil empresas).